Destaques

  • Doutor, gostaria que meu namorado falasse frases pícantes e tivesse mais atitude no momento do sexo, a famosa "pegada"!!! Quero que ele fale fantasias como que deseja outra mulher na cama, que quer fazer sexo anal, etc. Namoramos há pouco tempo e não sei como abordar o assunto com ele. Acho que ele não teve muitas experiencias sexuais. Ele é 4 anos mais novo que eu. As vezes para mudar de posição ele me pergunta: você quer ficar por cima agora? Nossa! quebra o clima! E as vezes eu falo na hora do sexo: não precisa perguntar, você manda agora..., faça o que quiser... e nem assim ele se solta. Será que é insegurança por eu ser um pouco mais velha? Como abro este canal de diálogo com ele??? Obrigada

    Carioca, 32 Anos - Ver Resposta

    Olá Carioca, como vai?
    Que bom que você está procurando meios para melhorar a sua relação ou mesmo para se satisfazer.
    Eu sei que essa famosa “pegada” que as mulheres tanto se referem, vai muito mais além de da pegada física firme. É também ter comportamentos que mostrem segurança para a mulher, é a forma de pensar, de conduzir a relação, é fazer a mulher sentir firmeza a ponto dela se entregar e saber se estará em boas mãos. Podemos também dizer que para algumas mulheres, é muito bem vindo ouvir do parceiro nos momentos das transas também, palavras e frases picantes, que as excitem, que as faça se sentirem “dominadas”. Isso excita. Isso é também uma ótima “pegada”.
    Porém, não nascendo sabendo ter essa tal “pegada”, mas sim, precisamos desenvolvê-la. Mas, como nem todo processo de aprendizagem é fácil, parece ser esse o caso do seu namorado. Deve parecer muito estranho para alguns homens serem ensinado por uma mulher a como ter a “pegada”. Para os dois lados fica estranho. Mas, se é uma relação e vocês pretendem continuar juntos, o que fazer, se não ajudá-lo a entender como você gosta? Mas lembre-se que todos temos limites, e pode ser que isso não é o que excita seu parceiro.Isso precisa ser investigado.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Como eu posso me expressar melhor quando eu gozar? Meu namorado sempre me cobrar isso, mesmo que eu grite um pouco, ainda não é o suficiente, espero contar com sua ajuda.

    Gilmara, 21 Anos - Ver Resposta

    Gilmara, os gemidos, gritos sussurros são maniras de expressar o que estamos sentindo naquele momento. Algumas pessoas aprendem a se expressar e se sentem bem ao fazer isso. Outras pessoas tem dificuldades para isso ou não aprenderam a demonstrar dessa maneira o que sentem.
    Ao ouvir a pessoa demonstrar a emoção daquele momento, o parceiro (a) tem um retorno de que está ou não agradando, se continua ou não o que está fazendo. Sem contar que os gemidos são, para a maioria das pessoas, um estímulo, é excitante.
    Algumas pessoas têm dificuldades de de colocar para fora o que sentem, pois quem sabe, nunca puderam se expressar, ou não foram estimuladas o suficientes para perceber quão bom, importante e saudável é.
    Fazer teatro nessa hora, fingindo que está sentindo isso ou aquilo e por isso gemem ou gritam como se estivessem num trabalho de parto, não é bom, soa muito como artificial, e a outra pessoa perceberá e se sentirá mal.
    No seu caso, parece que você está sendo cobrada para se expressar de uma maneira que eu não sei se você não não sabe se expressar ou se não sente o suficiente para se expressar dessa maneira.
    É muito comum nos filmes pornôs as mulheres fazerem caras e bocas, gritos e gemidos se estarem sentindo. Aquilo é uma interpretação. Elas estão representando um papel. Algumas pessoas ao verem aquilo querem que o memso aconteça em casa. Não é bem assim.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • (11) 93800-4469
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail