Destaques

  • Caro Dr Claudecy estou sem saber o que tenho e um problema fora do limite eu tenho vergonha de andar na rua e as pessoas me observarem e pensarem q eu pareço um macaco andando, pior ainda quando tenho que conversar com alguem desconhecido ainda mais se for mulher eu me gelo me da uma dor de barriga um mal estar incontrolável mesmo tentando pensar issu não e nada eu não preciso ficar assim não adianta de nada (esses dias teve um evento aqui na minha cidade e meus primos falaram q iam intimar uma garota pra mim qem disse q eu qeria me deu uma tremedeira eu pensava no que ia dizer a ela sera q ela iria gostar de mim o q iria fazer mas não deu certo porq a irmã dela estava junto dai me deu um alivio e logo depois outra garota me primo fez eu ir junto com ele conversar eram duas e o mico a vergonha q eu passei meu primo foi conversar com uma das meninas e eu fiqei conversando com a outra mas eu consegui dar uma ou duas palavras e não saiu mais nada eu vi se dissesse alguma coisaa a mais pra ela eu teria chance mais eu não consegui) outro caso q esta me pertubando meu pai qer q eu faça faculdade ano q vem mas eu estou com medo do q vou enfrentar e tambm tenho medo de ter d enfreantar a vida por favor Dr me ajude naum sei o q tenho existe tratamento pra isso me de a resposta desde ja te agradeço muito obrigado

    Rogerio, 18 Anos - Ver Resposta

    Olá Rogério. Imagino o quão sofrido é para você se relacionar socialmente.
    Todos nós temos algum grau de receio ou mesmo timidez em algumas situações sociais. Isso é normal. Porém quando isso toma proporções que chegam a fugir do controle, estamos diante de uma dificuldade que precisa necessariamente de ajuda.
    Perceba que no seu caso, você está sofrendo perdas significativas, como por exemplo, se desenvolver socialmente, deixar de ter contatos com novas pessoas, que muito contribuem para nosso aprendizado, medo de falar com garotas, e o pavor de fazer faculdade. Esses são apenas alguns exemplos de situações que você não está conseguindo fazer, logo, isso atrapalhará seu desenvolvimento social e intelectual.
    Rogério, é muito importante que você converse com seus pais, se necessário mostre esse e-mail para eles, para levá-lo a um psicólogo, de preferência que trabalhe na abordagem comportamental-cognitivo, e esse irá ajudá-lo a resolver seu problema. Se precisar da ajuda médica ele irá orientá-lo.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá... Eu sofro de fobia social desde a infância, sempre fui tímido, mas nunca achei que fosse chegar a tal ponto. Hoje percebo a imensurável diferença entre mim e meus colegas da universidade, o que me fez procurar por ajuda. Tudo é difícil, mesmo conversar com as pessoas dentro de casa, com os poucos amigos que ainda tenho, bater papo na internet ou mesmo sair de casa. Em breve terminarei meu curso, mas mesmo tendo um emprego garantido, não tenho a menor confiança em mim mesmo e estou bastante desmotivado. Quando vejo um casal se beijando ou mesmo segurando as mãos, me dá vontade de sumir... de arrancar aquela cena da minha memória. Já estou tomando medicamentos, mas tenho muito pouco tempo livre para a T.C.C., pois tenho aula todos os dias, o dia todo. Até agora tem sido tudo em vão... não sei até quando vou aguentar. O que faço para começar a enfrentar essa timidez?

    Dr. X, 23 Anos - Ver Resposta

    Olá Dr.X.
    Eu entendo seu sofrimento. Já é muito bom você ter consciência de que precisa de ajuda.
    Entendo a sua dificuldade com o tempo, mas se quer resolver essa questão, terá que se dedicar a isso.
    Não resolver essa questão vai dificultar muito seu desenvolvimento saudável.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. Claudecy, tenho fobia social. O que fazer para parar de me torturar com o pensamento de que perdi anos de minha vida, de não poder voltar atrás e fazer tudo de novo, e de que não há mais tempo pra fazer as coisas que desejo? Também queria perguntar por que muitas pessoas tem atração por reparar no meu problema e ficar debochando de mim e/ou me agredindo?

    S., 39 Anos - Ver Resposta

    Olá S.
    Fico feliz quando recebo questões como essas, pois sei que você está sofrendo e está aqui procurando ajuda.
    Não existe uma receita pronta para resolver essa questão da fobia social. Mas, os melhores resultados são aqueles em que o paciente se submente a um tratamento psicológico, para descobrir a origem disso e/ou o que está mantendo esse problema. Paralelo a isso, pode ser necessário o uso de medicamentos, mas será o profissional que avaliará a necessidade ou não.
    Sei como é sofrido ter esses pensamentos, vejo isso nos meus pacientes. Mas saiba que é possível mudar tudo isso!
    Quando você fala das pessoas que se sentem atraídas por pessoas com esse problema e que debocham, na verdade, pode não ser bem assim. Veja só, quando estamos num evento social, quem chama mais atenção, as pessoas que estão se comportando normalmente no meio das outras ou aquela isolada? Aquela que come e se diverte com as demais ou aquela mostra desconforto e tenta evitar que olhem para ela? Esse é o problema. Quanto mais às pessoas com esse quatro tentam se livrar dos olhares, mais elas chamam atenção.
    Mas você poderá se livrar disso, mudar e ser feliz. Requererá muito trabalho, mas todo esforço será recompensado.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail