Separação dos pais: e os filhos?

Saiba mais

Compulsão Sexual

Saiba mais

Bulimia Nervosa

Saiba mais

Anorexia Nervosa

Saiba mais

Perguntas
e Respostas

Dúvidas dos leitores

Boa noite Dr. Claudecy! Somos casados faz 13 anos. Desde o começo percebi que havia algo de errado na nossa vida sexual. ...As preliminares sempre foram maravilhosas, mas,sempre termina com um gosto de frustração horrível,pois ele mantém a ereção,só que nesse tempo todo de casados,posso contar as vezes que ele ejaculou durante a penetração. Um dia resolvi conversar, perguntei o motivo, e ele sempre fala a mesma coisa. Desde muito jovem se masturbava muito, e que sempre foi um problema ejacular na penetração. Sou invadida por um sentimento de frustração que me corroí. Detalhe, durante esse tempo nunca usei nenhum método contraceptivo e mesmo assim nunca engravidei. Fiz exames, e tudo normal comigo. Ele chegou a fazer um espermograma onde quem deu o diagnóstico de que ele estava bem foi uma enfermeira amiga nossa. Tinha retorno marcado e ele simplesmente acreditou no suposto diagnóstico. O trabalho dele exige que ele fique a semana toda fora, vindo para casa somente no domingo a noite, ficando a segunda e na terça a tarde ele já sai. Tenho a libido muito aflorada, desejo muito ser amada com direito a ejaculação. Lógico que entenderia se fosse algo raro caso não acontecesse, mas, não é isso que vejo. Como sei da dificuldade da ejaculação, começo a masturba-lo, falando frases picantes e mesmo assim ainda demora. Ele faz uso de rivotril e sertralina, por conta da síndrome do pânico, mas, mesmo antes de acontecer tudo isso ele já tinha esse problema. Por dedução, não foram os remédios que causaram a inibição. Ele está tomando atenolol por conta da pressão, mas, tudo isso, a dificuldade da ejaculação vem desde o começo, quando não havia os remédios. Comecei a perceber que a ereção tem durado pouco tempo. Pelo fator da distância que temos que ficar, sempre pensei que o desejo ficaria maior. Ledo engano. Eu sinto muito desejo e fico péssima. Como um Uro não está tão barato, e não temos convênio, marquei pelo SUS, só que no dia da consulta houve um imprevisto. Estou desanimada. Pois querendo ou não o apetite sexual em mim é latente. Quando estamos longe, ele fala da excitação que sente por mim, do desejo de me amar... ...Minha salvação é o sexo oral que ele faz em mim, mas, não quero só isso. Qual especialidade de médico devo procurar? Olha, já cheguei a pensar que talvez fora de casa ele tenha outra e consiga. Mas, na cama nunca fui pudica, ele fala que ama minha forma de entrega. Mas, se ele ama qual o motivo que o impede de ejacular dentro de mim. Já experimentei com ele, e é uma delícia. Detalhe, durante a masturbação que faço, ele só ejacula com ele mesmo se tocando, situação delicada. Tomar Viagra seria um erro, imagina ele ficar com ereção sem ejacular. O que o Dr. Claudecy pode me falar?

leia mais

Saiba
Mais

Fisting ou Fistfucking

É uma forma intensa de sexo que envolve a inserção da mão e às vezes o antebraço no reto.

Também é praticado com a introdução da mão na vagina.

Essa prática tem crescido nos últimos tempos com a variedade de vídeos pornográficos desse tipo.

leia mais

Vídeos em destaque

Sexo na Gravidez

Entenda as vantagens do sexo na gravidez e tire suas dúvidas com o Dr. Claudecy de Souza.

Vaginismo

Vaginismo tem solução! Descubra mais sobre esta situação tão difícil para algumas mulheres e tire suas dúvidas.

Anejaculação

Anejaculação: entenda mais sobre este termo pouco conhecido e tire suas dúvidas.

Compulsão Sexual

Compulsão sexual: tire suas dúvidas, desvende mitos e saiba mais sobre este delicado tema. 

Ver todos os vídeos

Contato

  • (11) 5092-3898
  • (11) 93800-4469
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail